5 dicas definitivas de como divulgar minha loja virtual na internet
Compartilhe:

5 dicas definitivas de como divulgar minha loja virtual na internet

Existem inúmeras formas de propagandas disponíveis no mercado, como os tradicionais anúncios de jornais e panfletos até os mais caros, como na televisão e internet.

 

Nos últimos anos a propaganda digital cresceu acompanhando a forma de consumo e também as mudanças de hábitos que estão acontecendo, devido a pandemia da COVID-19, reforçando ainda o aumento no consumo virtual.

 

O marketing digital é uma área profissional em grande expansão, muitas empresas estão precisando de divulgação online para acompanhar a demanda do mercado.

 

Para contratar uma agência ou profissional de marketing digital, dependendo do tamanho do seu negócio, é preciso planejamento e estratégia. Pois, a propaganda só irá funcionar com uma ação conjunta da empresa para suprir a demanda oriunda dos anúncios.

 

Por exemplo, se você faz um anúncio de um determinado produto recebendo um grande volume de pedidos e depois não consegue atender com qualidade, prejudicando a imagem da marca.

 

Então, planejamento e estratégia são dois pilares fundamentais para você começar a investir em marketing digital.

 

Quando falamos em investir, não contamos apenas com dinheiro, mas também tempo e dedicação. Agora você vai ver 5 dicas definitivas para alavancar as vendas da sua loja virtual, e o melhor, muitas coisas você mesmo pode fazer sem nenhum conhecimento técnico ou muito específico.

 

1 - Redes Sociais

Primeira dica da lista e também a principal, as redes sociais atualmente podem representar o seu status para qualquer pessoa. Hoje em dia as redes sociais já não são mais apenas entretenimento virtual, tornaram-se parte das nossas vidas, aproximando a relação entre as pessoas e também entre as empresas.

 

Portanto, a primeira dica é: estar presente nas redes sociais é fundamental.

 

Mas com tantas redes sociais, qual a sua loja virtual terá mais retorno?

 

Antes de sair criando perfis, é necessário ter boas práticas, ler e aceitar os termos de cada rede social, como também saber qual o público que você procura.

As maiores redes sociais, em 2021, ainda continuam sendo dominadas pelo “Facebook, Inc”, o que inclui também WhatsApp e Instagram. Ainda assim, o Google também mantém uma boa posição nas participações das redes sociais com o Youtube. Depois ainda contamos com Twitter, TikTok, Pinterest, entre outras grandes marcas.

 

Administrar diversas redes sociais tem pontos positivos e negativos. Um dos pontos positivos, são os backlinks que a loja virtual ganha, na dica 2 você vai entender melhor sobre backlink. Outro ponto positivo é uma maior exposição da marca e também o contato direto com os clientes.

 

A internet deixa rastros inalteráveis, então o ponto negativo aqui de maior relevância é: “se queimar” nas redes sociais. Existem alguns motivos que podem negativar a sua imagem e a do seu negócio também. Uma das principais ocorrências é a falta de comunicação com o cliente. Muitas empresas criam perfis nas redes sociais e não atualizam com frequência ou demoram para responder as mensagens.

 

Agora vamos ver as melhores redes sociais para que a sua loja tenha um perfil e comece a relevar o seu domínio na internet.

 

Facebook

Ter uma página no domínio do facebook.com é muito importante, pois é um URL que existe há mais de 15 anos, portanto ter seu nome no Facebook ajuda ainda mais relevar a sua marca nas pesquisas do Google.

 

É muito importante que as informações sejam inseridas corretamente, como as de: contato,localização e o link da sua loja virtual.

 

O facebook se tornou um grande portal, hoje é possível até fazer pagamentos dentro da plataforma, com o Facebook Pay.

 

Para ter uma experiência melhor com o atendimento do seu cliente, o Facebook disponibiliza um chatbot para você personalizar de acordo com a sua necessidade. Com isso, facilita a inicialização da conversa, diminuindo o tempo e melhorando a qualidade no atendimento virtual.

 

Instagram

O Instagram é a rede social onde muitas pessoas que não estão no Facebook, estão lá. Apesar de pertencer à mesma empresa, do qual o Instagram faz parte do Facebook.

 

As histórias do instagram são um diferencial na rede social, então esteja sempre presente, crie stories todos os dias, mostre como é a empresa, produza conteúdo com qualidade e criatividade.

Outro ponto importante no instagram é aproveitar a descrição da Bio para colocar o URL da sua loja virtual.

 

WhatsApp

 

O WhatsApp é a rede social indispensável para que se tenha o contato imediato com o cliente, além de já poder obter o número do telefone do mesmo.

 

Para empresas o WhatsApp oferece uma versão dedicada o WhatsApp Business, assim você pode ter os dois aplicativos no celular e poder diferenciar as mensagens recebidas.

 

Os recursos com WhatsApp vão além do contato por telefone, podendo ser criado grupos para clientes, até mesmo diferenciados como Grupos VIPs.

 

Youtube

O Youtube é uma das redes sociais com um público muito exigente, pois a concorrência atual por lá é de grandes corporações empresariais de mídias, além da qualidade do conteúdo independente estar cada dia melhor.

Portanto, ao escolher o Youtube como mais uma rede social para fomentar sua loja virtual, é necessário um investimento com equipamentos e conhecimento em edição de vídeo ou contratar profissionais de filmagem. Qualquer uma das opções não é algo barato e para que haja algum retorno com o Youtube é necessário dedicação e persistência na plataforma.

Porém o grande ponto positivo da comunidade do Youtube é ser fiel e seguidora, se o seu canal conseguir conquistar o público é sinal de que os negócios fora da plataforma vão ter sucesso também. 

 

Outras redes sociais

Ainda existem diversas redes sociais para você divulgar a sua loja na internet de forma grátis. Mas fique atento para não se empolgar e acabar criando contas em sites que não estão no seu público alvo, com isso, você perderá tempo sem obter resultados.

 

Seja qual for seu produto, pesquise bem seu público alvo e as redes sociais em que eles estão inseridos.

 

2 - Mecanismos de buscas - SEO

 

Estar presente nos buscadores é importante, mas mais do que isso, é estar no primeiro lugar do resultado com uma determinada palavra chave.

 

A sigla SEO significa “Search Engine Optimization” ou na tradução otimização para mecanismos de busca. O que pode ser entendido como um conjunto de técnicas de otimização para todos os tipos de sites na web.

 

O SEO tem como objetivo otimizar a qualidade dos códigos dos sites para melhor interpretação dos “robôs buscadores”. Para entender melhor, o Google tem robôs que ficam vasculhando a internet toda e classificando sites para indexar no ranking do buscador.

 

Não é muito claro até hoje quais são todos os critérios que o Google e outros buscadores utilizam para avaliar os sites. Porém, já existem diversos parâmetros que podemos seguir que funcionam muito bem e fazem toda a diferença. Vamos ver alguns desses fatores logo abaixo:

 

  • HTML: Sites em geral utilizam a Linguagem de Marcação de HiperTexto da internet ou HTML, aqui o importante é que sua página contenha as meta tags que são os responsáveis pelas palavras chaves e também do nome do seu site, de como os buscadores vão encontrar.

  • Conteúdo relevante: Outro fator importante para os buscadores é a presença de conteúdo de qualidade no site. Portanto, seja diferente na hora de descrever seu produto. Não adianta apenas colocar uma foto e o preço, deve haver uma boa descrição, com adição de palavras-chave e imagens

  • Velocidade do site: O tempo de carregamento do site é muito importante, se você já tem uma loja virtual e ela demora muito para abrir, isso é um ponto negativo para o SEO. O impacto de um site lento pode fazer com que o internauta “seu futuro cliente” desista do acesso.

  • Taxa de rejeição: Essa taxa, tem tudo haver com os outros dois fatores já citados acima, se a sua loja demorar para carregar e não tem um conteúdo relevante, as chances do internauta sair da sua loja virtual em questão de poucos segundos é enorme. Ou seja, ter um site onde o usuário acessa e logo em seguida sai, é considerado um ponto negativo para o SEO, impactando diretamente na sua posição nos resultados de busca.

 

Como aparecer nos resultados de buscas usando SEO?

Pode parecer difícil, mas na verdade é que SEO ainda é uma questão pouco explorada aqui no Brasil. O básico que você possa fazer para a sua loja virtual, já vai ser um diferencial perante muitos concorrentes.

 

Então, é necessário realizar um conjunto de técnicas para otimizar o site e analisar os resultados, sendo assim, tomando as providências cabíveis para corrigir erros e obter melhores resultados nos buscadores.

 

É possível analisar seu site em algumas ferramentas gratuitas, como o seo-analyzer Neilpatel. Aqui você pode ficar por dentro de alguns erros críticos que afetam seu site nos mecanismos de buscas.

 

Ads

A propaganda na internet é voraz, funciona como um tipo de leilão e aparece na frente quem paga mais.

 

Por um lado, fazer um anúncio ou criar uma propaganda na internet é muito simples, rápido e pode ser muito eficiente também, mas é extremamente importante que seja feito corretamente.

 

O ponto negativo aqui é que realmente não é uma tarefa fácil criar um anúncio, por mais simples que pareça ser. As ferramentas disponíveis atualmente são intuitivas e práticas, realmente. Mas a questão toda está em fazer o anúncio atingir as pessoas certas.

 

A propaganda é a alma do negócio, disso todos já sabem, mas ela precisa ser assertiva e para que isso aconteça você precisa saber o que está fazendo. Caso contrário, estará anunciando por sua conta e risco.

 

Quando o assunto é investir dinheiro em anúncios, a coisa fica séria. Analise bem seu aporte para propagandas e crie uma estratégia. Sair anunciando na internet sem objetivo é certamente ver seu dinheiro sendo jogado no ralo.

 

Então a dica mais importante aqui é que você crie um funil de vendas para suas campanhas e foca na estratégia.

 

E-mail Marketing 

 

O bom e velho e-mail... Sim, ele ainda funciona e muito bem obrigado. Por mais que hoje em dia aplicativos utilizem apenas o seu número de telefone, mesmo assim, ainda muitos serviços online só aceitam o e-mail para cadastrar o usuário.

 

Portanto, adotar uma prática de envio de e-mail marketing é muito importante. Mas cuidado! Não seja importuno.

 

Boas práticas para o e-mail marketing

 

O termo “SPAM”, não ficou conhecido em todo o mundo à toa. Tenha responsabilidade para utilizar o e-mail marketing, pois se adotar uma estratégia errada aqui as chances de queimar o filme da sua loja virtual são grandes.

 

Sempre utilize um banco de e-mails que você mesmo construiu, evite comprar lista de e-mails ou sair buscando contatos aleatórios, isso pode configurar SPAM ou também simplesmente ser inconveniente.

 

As chances da campanha fracassar são grandes, pois o usuário não cadastrou o seu e-mail para receber notificações da sua loja, ou muitas vezes o próprio serviço do correio eletrônico já encaminha a mensagem como SPAM. Sendo assim, você estará gastando energia e ainda comprometendo sua marca.

 

Para que o e-mail marketing funcione, você precisa angariar esses e-mails de forma natural, o seu cliente tem que se sentir interessado em fornecer o contato dele para sua empresa.

 

Algumas estratégias para captação de e-mail são muito eficientes e podem trazer muitas vendas diretas através deles. Portanto, capriche no conteúdo do seu e-mail marketing e atraia mais clientes para o seu negócio.

 

Marketplace

Este cenário é um dos modelos de negócios mais crescente na internet e estar presente em diferentes marketplaces é como ter uma loja física em diferentes localidades.

 

Para você começar a divulgar a sua loja virtual na internet, os Marketplaces são ótimos! É possível ter uma lojinha completa e de graça e ainda muitos aceitam que você coloque o link oficial da sua loja virtual.

 

O marketplace do facebook, por exemplo, é um ótimo lugar para você começar. Por lá, é possível ter uma página oficial com uma loja e ainda compartilhar os ítens à venda direto no marketplace do facebook.

 

Outro marketplace clássico é o Mercado Livre, ainda assim, atualmente temos em pleno funcionamento no Brasil a Amazon, como também outras marcas famosas que já estão trabalhando com marketplace, é o caso da Magazine Luiza.

 

 

E aí, gostou das nossas dicas? Para não perder mais nenhum conteúdo como esse aqui, siga nossas redes sociais.